Sistema desenvolvido que coleta o coronavírus no ar tem como foco favelas cariocas

Com o apoio da FIOCRUZ e do HLA/UERJ, o laboratório de Biofísica da UERJ desenvolveu um sistema capaz de coletar o vírus SARS-Cov-2 (coronavírus) no ar, em ambientes onde há

Com o apoio da FIOCRUZ e do HLA/UERJ, o laboratório de Biofísica da UERJ desenvolveu um sistema capaz de coletar o vírus SARS-Cov-2 (coronavírus) no ar, em ambientes onde há grande circulação de pessoas. O trabalho tem como foco de atuação as comunidades do rio: Rocinha, Alemão e Maré.