Vereadores vão ao MP contra a Prefeitura, após tomógrafo ser instalado em igreja

Os vereadores Tarcísio Motta e Paulo Pinheiro (PSOL) entraram com representação no Ministério Público contra a Prefeitura do Rio de Janeiro, após Marcelo Crivella mandar instalar tomógrafo dentro das dependências

Os vereadores Tarcísio Motta e Paulo Pinheiro (PSOL) entraram com representação no Ministério Público contra a Prefeitura do Rio de Janeiro, após Marcelo Crivella mandar instalar tomógrafo dentro das dependências de um templo da Igreja Universal do Reino de Deus, na Rocinha.