Na linha de frente contra o coronavírus, Agente de Saúde do Complexo do Alemão morre com a doença aos 29 anos

Liliane-Santos

A agente comunitária de saúde Liliane Santos Araújo, de 29 anos, faleceu neste sábado (30) com complicações que foram agravadas pelo Covid-19. Moradora do Complexo do Alemão, Liliane trabalhava na Clínica da Família Zilda Arns e estava internada há quase três semanas – primeiro no Hospital Municipal Francisco da Silva Telles, em Irajá, e depois foi transferida para Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari.

A página do Sindicato dos Agentes Comunitário de Saúde do Município do Rio de Janeiro (SINDACSRJ) prestou uma homenagem e disse que a a causa da morte está sendo investigada. Segundo informações da clínica em que trabalhava, a paciente teve um problema de saúde. Após se internar para tratar a doença, Liliane contraiu o Covid-19 e o quadro se agravou. A agente de saúde apresentou melhora na última semana, deixando de usar o respirador e recebendo até previsão de alta. Na madrugada de sexta para sábado houve uma piora repentina, levando à morte.

O Voz das Comunidades deseja forças à família neste momento de perda.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]