Benedita da Silva (PT) faz caminhada pela Cidade de Deus

A candidata lembrou da necessidade de obras de revitalização nos conjuntos habitacionais da comunidade

Benedita da Silva (PT) faz caminhada pela Cidade de Deus

Foto: Suelen Almeida / Voz das Comunidades

Na tarde de ontem (10), Benedita da Silva caminhou pelas ruas da Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio. A candidata tirou fotos e cumprimentou eleitores. No local, também afirmou conhecer a região há muitos anos, já que parentes de Benedita estavam entre as primeiras famílias que mudaram para a localidade.

“Por conta da remoção de favelas feitas há cerca de 40 anos, a Cidade de Deus foi muito prejudicada, já que não tinha infraestrutura, saneamento e  escolas para receber os moradores e até hoje, nós continuamos com essa dificuldade”, lembrou a candidata.

Benedita afirmou que a comunidade, assim como outras favelas cariocas, tem graves problemas de mobilidade urbana, os quais afetam o dia a dias  dos usuários de transporte público. Ela lembrou também da falta de cuidado com o meio ambiente, principalmente nas periferias. 

“Toda essa questão de saneamento, cujo os serviços são precários, tanto da Comlurb quanto da Cedae, nós precisamos que sejam bem realizados nas favelas”, assegurou Benedita.

Suelem Almeida

Em entrevista ao Voz das Comunidades, a candidata falou sobre a ‘Moeda Social’, uma de suas promessas de campanha, que prevê uma melhora na economia da favelas, já que é um fundo de investimento que facilitaria o crédito para o desenvolvimento do empreendedorismo, principalmente feminino. 

“A Moeda Social cria um banco popular, que pode ajudar nas reformas, na conclusão dos puxadinhos, nós temos aqui na Cidade de Deus um comércio grande e feminino, que também precisa de crédito para se expandir, queremos trazer a economia solidária”.

Falando sobre os jovens a candidata prometeu “muitos trabalhos sociais feitos por organizações não governamentais, se desenvolvem em apoio ao jovem, na Cidade de Deus. Mas nós queremos que essa juventude também possa encontrar na prefeitura da cidade do Rio de Janeiro treinamento, qualificação na área digital e outra profissão”, conclui.