Benedita da Silva (PT) realiza caminhada pelo Complexo da Penha

No Complexo da Penha, a candidata afirmou ”A favela vai tirar o Crivella e me levar ao segundo turno”

Benedita da Silva (PT) realiza caminhada pelo Complexo da Penha

Benedita da Silva, levou na tarde de ontem, sexta-feira (13), centenas de pessoas pelas ladeiras da comunidade da Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha. Na localidade a candidata cumprimentou eleitores e apontou o desemprego, especialmente de jovens e mulheres, como o maior problema da cidade. Ela também visitou o Espaço Cultural Konteiner, que recentemente passou a ser considerado um ponto turístico da cidade do Rio de Janeiro.

“Em muitos lugares eu tenho vivido emoção muito grande, mas aqui minha emoção aumentou. E por que, minha gente? Porque a gente é raiz, a gente é chão, sabe, conhece, é diferente. A gente sabe que está pisando em um chão sagrado de batalha de muita gente, sacrifício de muita gente para botar sua casa em pé, sua comida na mesa, para dar duro, pra botar seus filhos na escola e para ver a vida melhorar”, discursou Benedita no morro. 

A candidata explicou em detalhes seu programa complementar de renda básica chamado Moeda Carioca. Será uma ajuda de R$ 100 mensais, que só podem ser gastos na própria comunidade, fortalecendo o comércio e os empregos locais. O programa inclui a criação de um banco popular para fazer empréstimos a juro zero para pequenos empreendedores. 

“Vai emprestar pra você, que tem uma moto e precisa modernizá-la, terá um empréstimo sem burocracia. Pra você, que precisa abrir sua confecção, quer empregar mais alguém, pegar mais encomenda, vai poder usar essa moeda”, exemplificou.