Martha Rocha do PDT faz caminhada pelas comunidades da Rocinha e da Mangueira

Em terceiro lugar na pesquisa do IBOPE, candidata tira fotos e conversas com eleitores

Martha Rocha do PDT faz caminhada pelas comunidades da Rocinha e da Mangueira

Durante a manhã deste sábado (31), Martha Rocha candidata a prefeitura do Rio de Janeiro, pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT) caminhou pelas comunidades da Rocinha e da Mangueira. Na última pesquisa realizada pelo Ibope, dia 30 a candidata dividia com o atual prefeito, Marcelo Crivella (Republicanos) a quantidade de pontos percentuais, ambos com 14% das intenções de votos, em primeiro lugar na pesquisa está Eduardo Paes (DEM) com 32%. 

Nas localidades a candidata tirou fotos, ouviu reivindicações de eleitores e prometeu focalizar, caso eleita, em políticas públicas de atenção básica: saúde, educação e fomento ao empreendedorismo. Em entrevista ao Voz das Comunidades, Martha Rocha afirma que a principal promessa de campanha é o retomada do Cieps, projeto que foi abandonado nos anos 80 e previa, entre outras questões, a escola em tempo integral. 

Foto: Vilma Ribeiro

Nós temos o compromisso da escola em tempo integral, uma escola de qualidade, a pandemia demonstrou a desigualdade social, a diferença que há entre os alunos da rede municipal estão passando, diferente da rede privada. Nas escolas particulares três dias após ser decretado o isolamento os alunos estavam em suas casa já assistindo aula, enquanto na rede pública isso não aconteceu a prefeitura tem uma TV, que é a multirio, que é um canal aberto, a questão do telensino é uma estratégia já consolidada no Brasil e a prefeitura não fez absolutamente nada nesse sentido”, assegura a candidata.

Foto: Will Filmaker

Martha Rocha prometeu que vai estimular o empreendedorismo nas comunidades da cidade do Rio. Ela afirmou ser uma mulher cristã, mas criticou o atual prefeito por ter colocado um tomógrafo, aparelho que realiza exames de imagem, numa Igreja Universal do Reino de Deus, nos acessos da  Rocinha, uma vez que o Estado é laico.

Passando pelo camelódromo da Rocinha, foi relatado pelo presidente da Associação que o prefeito queria acabar com essa estratégia de empreendedorismo, que já existe desde 2013, para passar um tomógrafo que não foi colocado na unidade pública de saúde e sim na igreja, está errado”, afirmou Martha.

A candidata ainda promete cuidar da juventude carioca, diminuindo a evasão escolar e incluindo nos últimos anos escolares a inserção de ensino profissionalizante na rede pública.

Eu digo sempre que nenhuma criança pode ficar para trás e todo jovem vale a pena, a criança, o adolescente se você entregar um computador ele vai obviamente saber lidar com o computador, mas preparar esse jovem para o mercado de trabalho do futuro, quem sabe os nossos jovens não possam ser produtores de games ou qualificados para trabalhar em startups, aproveitando que essa cidade tem quatro universidades públicas é um centro de inovação de ciência e de tecnologia para olhar para o futuro dos jovens”, concluiu a ex-delegada.