Cade o saneamento básico?

A aposentada Ruth Alves de 72 anos, convive com o marido e um filho, moradora da Rua Régio nº584, sofre de um grave problema de Saneamento Básico, atrás de sua casa onde se vê um quintal há um esgoto que bate em sua parede e absorve pelo lado de dentro da casa trazendo cheiro de fezes por toda a parte. “É tão ruim que nós não conseguimos almoçar na cozinha tem que ir para a sala ou para algum lugar longe da cozinha pois a efetiva vem da área de limpeza que é próximo ao quintal” diz Ruth.
A dona da residência diz que desde outubro sofre com isso e segundo ela no natal não pode fazer sua ceia de natal dentro de casa com a família e também diz que sofrer com isso e diz que desde janeiro está correndo atrás do problema de saneamento básico atrás de sua casa. Diz que já falou com a presidente da associação de moradores e também com o pessoal do canteiro do Pac no bairro de Inhaúma que já compareceu no local três vezes, mas infelizmente ninguém tomou iniciativa de nada. Dona Ruth tem um filho de 52 anos chamado Jorge Luiz, que corre um grande problema de ser mais uma vítima da dengue pois teve um problema a pouco tempo e teve que amputar a perna direita. Jorge Luiz filho de Ruth necessita muito de Muletas Axilares, pois a família não há dinheiro suficiente Não anda só fica deitado no sofá de sua casa. A muleta axilar foi indicada para descarga do membro inferior perna utilizando, simultaneamente, o apoio dos braços e mãos. Dona Ruth exclama “Minha vida é uma correria, certas vezes me dá ate desanimo, Meu filho necessita muito de muletas, sei que vocês são á voz para conseguir essa ajuda tão importante para mim e para ele também”.
Para quem tiver alguém interesse nesta matéria entre em contato por favor conosco do Jornal Voz da Comunidade:
3888-6660/82509224
Ou entre em contato diretamente com Ruth Alves mãe de Jorge Luiz

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top