Becos, podcast produzido por artistas da Maré, mostra a realidade da favela de forma poética

O projeto foi criado durante a pandemia e retrata artisticamente as histórias reais da comunidade

Becos, podcast produzido por artistas da Maré, mostra a realidade da favela de forma poética

Foto: divulgação

Seis jovens artistas do Complexo da Maré, Zona Norte do Rio, e favelas vizinhas produziram um podcast durante a quarentena chamado Becos. A obra mostra de modo poético o cotidiano da favela com histórias de violência, injustiça, racismo, desigualdade social, resiliência, superação, alegria, pluralidade e espírito comunitário. 

Durante cinco meses, Thais Ayomide, Rodrigo Maré, Mc Martina, Matheus de Araújo, Jonathan Panta e Thainá Iná se dedicaram no processo de criação do podcast. “Foi dinâmico e interessante como a gente produziu. Às vezes, frustrante. Porque a gente estava caminhando e não sabia onde ia chegar, mas foi incrível ver como está agora”, descreve o cantor e poeta, Jonathan Panta.

Becos retrata a realidade da favela, sem filtros ou disfarces, além de mostrar as potencialidades e denunciar os descasos da comunidade. “Não queríamos trazer uma perspectiva de violência, não trazer a favela como inferior a nada. A gente queria trazer a favela como potencialidade, mas com tudo isso, a gente precisava denunciar algumas coisas que ainda estavam acontecendo”, diz a atriz e poeta Thais Ayomide.

Para Thainá Iná, estudante de dança, Becos reflete de forma plural e personifica a individualidade de cada morador. Nesse sentido, Matheus de Araújo afirma que Becos pode se tornar uma produção memorável. Pois, marca um momento histórico em relação às favelas.

O projeto é fruto de uma parceria entre a organização inglesa People’s Palace Project e a ONG Redes da Maré. A criação foi conduzida online por Paul Heritage, professor de artes cênicas e diretor artístico da organização inglesa People’s Palace Project, e Catherine Paskell, diretora de teatro do País de Gales.

Confira a reportagem completa a seguir: