Poste de luz cai no Capão, fica escorado em janela e pode causar acidente a qualquer momento

Há um ano existe essa situação na localidade do Alemão e o risco dos fios arrebentarem é grande
IMG_1663

Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

Moradores do Beco da União, situado no Capão, no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio, estão com um dos postes prestes a cair. A princípio, o mesmo já tombou e está escorado na janela de uma moradora. Ele só não caiu ainda, porque os fios estão segurando, evitando assim uma tragédia maior.

“É Deus nos guardando, porque esse pedaço aqui, na localidade do Capão está abandonado. Tem um ano e meio que esse poste caiu. Não adianta ligar, a Light não vem. Já fui na associação e não resolvem. Como os moradores vão mexer nisso? Só vão tomar uma providencia depois que esse cair na cabeça de alguém”, diz a moradora, que não aguenta mais essa situação.

O poste está escorado na casa da dona Maria Santana e na passagem dos moradores.
O poste está escorado na casa da dona Maria Santana e impede a passagem dos moradores.
Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

Além da dona Maria, outros residentes reclamam que no beco existem outros postes com perigo de cair a qualquer momento também. Desde que esse apontado inicialmente tombou, o serviço de fornecimento de energia oscila bastante.

“Eu perdi minha televisão novinha. A luz cai direto, não tem eletrodoméstico que suporte essa queda de energia”, diz Viviam, moradora do beco da união.

Outros postes que correm o risco de cair

A equipe do jornal Voz das Comunidades percorreu os locais próximos ao beco da união e constatou que outros também estão quase caindo. São feitos de madeira e apresentam rachaduras e mofos. Alguns estão amparados por latas cheia de cimento.

Os postes da localidade do Capão estão com a estrutura mofada e inclinados podendo cair a qualquer momento.
Os postes da localidade do Capão estão com a estrutura mofada e inclinados
Foto: Vilma Ribeiro/ Voz das Comunidades
Alguns moradores improvisaram uma lata com cimento para segurar o poste que fica na escadaria com circulação continua de pedestres.
Alguns moradores improvisaram uma lata com cimento para segurar o poste que fica na escadaria com circulação continua de pedestres.
Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades
Esse poste está encostado na parede, mas sua estrutura já está solta e muito comprometida.
Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades.
Mais um poste próximo aos caídos, esse os próprios moradores colocaram em um canto assim que tombou.
Mais um poste próximo aos caídos, esse os próprios moradores colocaram em um canto assim que tombou.
Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

Foi realizado contato com a Light para informar o problema, nome da rua, bairro e ponto de referência. A empresa, em resposta, disse que enviará uma equipe técnica para averiguar o problema.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]