Reconstituição da morte de Kathlen Romeu é realizada nesta quarta no Complexo do Lins

Representantes da Delegacia de Homicídios da Capital, Coordenadoria de Recursos Especiais do Rio (Core), PMs da UPP do Lins e familiares da jovem estiveram no local
2021_07_14-_RESCONSTITUIÇAO KATHELEN ROMEU_VILMA RIBEIRO -12

Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

Na tarde desta quarta-feira (14) foi realizada a reconstituição da morte de Kathlen Romeu, de 24 anos. A jovem grávida de 4 meses foi assassinada com um tiro de fuzil, no dia 8 de junho, no Complexo do Lins, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Representantes da Delegacia de Homicídios da Capital, a Coordenadoria de Recursos Especiais do Rio de Janeiro (Core) e policiais militares da UPP do Lins, participantes da ação que resultou a morte da Designer de Interiores, estiveram presentes no local.

Amigos e familiares da Kathlen Romeu estiveram no local acompanhando a reconstituição
Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

Familiares e pessoas próximas da jovem assassinada acompanharam toda a simulação, que terminou por volta das 16h. A avó de Kathlen, Sayonara de Fátima, que estava com a neta no momento em que tudo aconteceu, deu depoimento. Policiais afirmam que houve confronto, mas a família nega.

A mãe da jovem, Jaqueline de Oliveira, hoje, pediu mais uma vez por justiça e amigos lançaram um manifesto que pede responsabilidade ao noticiar o caso. “Alertamos aos veículos de imprensa sobre o racismo estrutural no formato das notícias”, consta no documento.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]