Uso da máscara NÃO provoca hiperventilação e intoxicação por partículas do material

Circula nas redes sociais uma imagem dizendo que: o uso das máscaras contra o coronavírus pode causar hiperventilação e intoxicação por conta do material, além de, fazer você respirar seu

Circula nas redes sociais uma imagem dizendo que: o uso das máscaras contra o coronavírus pode causar hiperventilação e intoxicação por conta do material, além de, fazer você respirar seu próprio gás carbônico (CO²), produzir sensação de asfixia, simbolizar mutismo, impedir respiração correta, impedir oxigenação pulmonar, produzir falta de liberdade física e psicológica e ocasionar síndrome de hipercapnia, a imagem ainda traz o questionamento de que a OMS estaria querendo matar a população lentamente. As informações dessa imagem NÃO são verdadeiras. Segundo a pneumonologista Patricia Ribeiro, da Escola Nacional de Saúde, as máscaras são usadas para reduzir a contaminação nas cirurgias, e para a proteção dos profissionais em caso de doenças infectocontagiosas e que seu material de fabricação não é tóxico. Ela reforça, que as máscaras não dificultam a respiração, nem impedem a troca gasosa e quanto à hiperventilação, a aceleração da frequência respiratória pode estar associada a questões emocionais.

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]