Vacina contra a gripe NÃO aumenta o risco de contágio por Coronavírus

Circula nas redes sociais um texto que diz que a vacina contra a gripe aumenta em 36% o risco de contágio por coronavírus. Segundo a postagem, a vacina pode aumentar

Vacina contra a gripe NÃO aumenta o risco de contágio por Coronavírus

Circula nas redes sociais um texto que diz que a vacina contra a gripe aumenta em 36% o risco de contágio por coronavírus. Segundo a postagem, a vacina pode aumentar o risco de outros vírus respiratórios, o que seria causado por “Interferência de Vírus derivada de vacina”. Um link de uma matéria que fala sobre um estudo americano , que confirmaria tal informação, também é postado. É fake.

Consultado, o site do Ministério da Saúde publicou uma nota desmentindo o fato. O órgão brasileiro afirma que o estudo não tem a ver com coronavírus.

“Não existem estudos correlacionando vacinação para influenza e risco de adoecimento ou complicações por Covid-19. O artigo citado é de 2017(?), anterior ao surgimento da Covid-19, que foi registrado a primeira vez em dezembro de 2019. Além disso, o objetivo do artigo não era avaliar o risco de complicações por coronavírus com a vacinação influenza e também não é essa a conclusão dos próprios autores.