Todo nosso respeito aos profissionais da saúde

O mundo precisou ressignificar o que se entendia como rotina nos últimos meses com o descobrimento do novo coronavírus (causador da doença chamada de COVID-19), que culminou na colaboração de

Todo nosso respeito aos profissionais da saúde

O mundo precisou ressignificar o que se entendia como rotina nos últimos meses com o descobrimento do novo coronavírus (causador da doença chamada de COVID-19), que culminou na colaboração de empresas, governantes e trabalhadores para que uma quarentena rigorosa possa acontecer e ajudar a evitar a propagação do vírus.  

Não são todos os profissionais que podem ficar em suas casas durante a quarentena, mas por um motivo muito importante: o compromisso com a vida. Profissionais da Saúde e de serviços básicos se vestem diariamente com uma dose a mais de coragem e trabalham com dedicação no combate da doença. 

Se fizermos uma breve pesquisa da palavra “solidariedade” na internet é fácil encontrar diversas notícias sobre gestos de carinho com esses profissionais, que deixam seus familiares em casa para que o trabalho não pare e todos recebam o devido cuidado. Nas redes do Voz das Comunidades há diversos relatos sobre unidades de pronto atendimento (UPA) que têm recebido um incentivo a mais de moradores, como: pizza, bolo, café. 

São notícias como essas que aquecem os nossos corações e nos preparam para quando tudo se normalizar novamente. Vale lembrar que o movimento de solidariedade tem vindo de todas as formas e para todos. O Voz das Comunidades lançou a campanha “Pandemia com Empatia” para arrecadar fundos e viabilizar produtos para higiene e alimentos para quem precisa no Complexo do Alemão.

Deixe comentário