O dia a dia de ativistas do Complexo da Maré na luta contra a Covid-19 e o genocídio do povo preto das favelas

Uma das entrevistadas é a jornalista e articuladora no Complexo da Maré que ressalta: “Ser jornalista na favela é ser assistente social, psicóloga, entregar cestas básicas…”

Uma das entrevistadas é a jornalista e articuladora no Complexo da Maré que ressalta: “Ser jornalista na favela é ser assistente social, psicóloga, entregar cestas básicas…”