Adriano Imperador doa cestas básicas para famílias da Vila Cruzeiro

#FalaAndrade
adriano imperador

Moradores das favelas cariocas são os mais expostos a sofrer dos sintomas até as duras consequências desta pandemia do Coronavírus. Infelizmente, as medidas tomadas pelas autoridades não seguem na mesma velocidade em que a doença chega nas periferias. Muitos moradores estão passando necessidades e a solidariedade é o auxílio fundamental nessas horas.

No último sábado (18), o ex-jogador Adriano Imperador doou mais de 100 cestas básicas para moradores na favela Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha. A ação de ajudar com o alimento de famílias da favela onde mora e é cria partiu do ex-jogador e foi realizada por amigos próximos de Adriano. Um dos pedidos do jogador, que conhece o cotidiano e as pessoas que mais precisavam na área, é que aglomerações fossem evitadas e por isso o sigilo foi a estratégia principal para que as doações fossem realizadas com sucesso. Thiago Ribeiro, irmão de Adriano, foi um dos responsáveis pelo ato de solidariedade.

“Ele sabe como é passar necessidade, sabe como é passar fome e a realidade da favela. Muitos estão sem trabalhar no momento e o Adriano entende essa realidade. Hoje graças à Deus ele tem condições de ajudar, e se sentiu na obrigação de fazer isso.”, conta o irmão do ex-atacante.

Clínica da Família: Complexo do Alemão tem mais de mil casos suspeitos de coronavírus

#MapaCoronaNasPeriferias: o mapa da solidariedade e mobilização

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]