Voz da Arte: RAP de mensagem e Maré Cheia contra o esvaziamento de ideias

Não é de hoje que precisamos enaltecer as potencialidades das favelas. Quando ligamos a TV: violência. Quando ligamos o rádio: violência. Mas… a favela é muito mais do que isso. A prova é a quantidade de talentos que todos os dias evoluem nas vielas de cada periferia do Rio de Janeiro.

A coluna “Voz da Arte” vem na sua primeira edição divulgar os lançamentos de artes que se destacaram no Rio de Janeiro no mês de abril.

O destaque desta coluna é o evento de lançamento do livro “Maré cheia” pelo poeta Matheus de Araújo, 20 anos, morador do Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O evento ocorreu no CEFET, unidade Maracanã, no dia 18 de abril. Na realidade, o livro foi lançado pela primeira vez no próprio Complexo da Maré, no dia 26 de janeiro, no Centro de Artes da Maré; o evento do dia 18 de abril, além divulgar o livro do Matheus, contou com falas da escritora, professora e roteirista Claudia Lage e da professora de língua portuguesa e literatura brasileira do CEFET Maracanã e revisora do livro “Maré cheia” Talita Oliveira. Além disso, o evento foi permeado por intervenções da poeta Brenda Lima, do coletivo “Poetas Favelados”; Grampo, estudante de letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e integrante do “Coletivo Negro Conceição Evaristo”; Urutau Guajajara, mestre em linguística e integrante da Aldeia Maracanã; e alunos do próprio CEFET, onde Matheus estudou.

O livro de Matheus pode ser adquirido entrando em contato com ele pelas redes sociais:

Página do Facebook: Poeta Matheus de Araújo

Instagram: @math.araujo.poesia

Em abril também teve lançamento do rapper Alviz Lucas, de 21 anos, morador do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro. A música intitulada “Cômico” foi para as redes de Alviz dia 16 de abril e pode ser encontrada no seu canal do Youtube. Você pode acompanhar o trabalho do artista se inscrevendo em seu canal e acompanhando seu Facebook: Alviz Lucas.

Seguindo na linha do rap, teve música nova do rapper Leonicio, de 20 anos, morador da favela de Manguinhos, também na Zona Norte do Rio de Janeiro. Dia 17 de abril veio ao ar a música “Identidade artística”, que pode ser conferida no canal do YouTube do artista. Para acompanhar esse e outros lançamentos de Leonicio basta se inscrever em seu canal e seguir nas demais redes:

Página: Leonicio

Instagram: @leoniciojr

Leonicio também é beat-maker; portanto, se você é rapper e tem interesse em beats para produzir suas músicas, acompanhe as redes da produtora do Leonicio, a Tenda do Alquimista:

Página: Tenda do Alquimista

Instagram: @tendadoalquimista

Abril também foi mês de novidade do rapper Libonati, 18 anos, morador de Madureira, zona norte do Rio de Janeiro e membro do selo 360k Estúdio. Ele lançou a música “1 minuto de silêncio”, que veio ao ar no dia 12/04. A música aborda a violência e menciona a vereadora Marielle Franco, assassinada no dia 14 de março de 2018, no Rio de Janeiro. Escute acessando o vídeo no canal do YouTube do artista. Para acompanhar o seu trabalho de perto, acesse:

Página: Libonati

Instagram: @felipelibonati

Fique ligado(a) na coluna “Voz da Arte” para mais lançamentos das artes no estado do Rio de Janeiro. A favela é muito mais do que dizem por aí.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top