Cantagalo e Santa Marta unidos no combate a dengue e Zika vírus

No último sábado (30), grupos de moradores das duas comunidades participaram de mutirões de limpeza e conscientização para combate aos focos do mosquito que transmite a dengue e Zika vírus em suas comunidades. O evento foi promovido pela marca de cloro gel VIM, da Unilever, que no mundo todo promove boas práticas de saneamento.

O objetivo foi orientar a população sobre a importância do combate ao mosquito mesmo em períodos de pouca chuva como o inverno em que boa parte da população não se preocupa com a prevenção. No ano passado, foram registrados quase dois milhões de casos das três doenças transmitidas pelo Aedes aegypti: Dengue, Zika e Chikungunya.

A mobilização foi de 200 pessoas no Cantagalo.

A mobilização contou com cerca de 200 pessoas no Cantagalo.  foto: Marina Prado

No evento, os moradores realizaram uma série de atividades para a eliminação e prevenção das doenças. O sábado começou com palestras organizadas pela ONG Trata Brasil, que trouxe temas como a importância do saneamento e eliminação dos focos de lixo para diminuir a multiplicação do mosquito.

Depois da conversa, foi hora de colocar a mão na massa. Utilizando equipamentos de proteção, sacos de lixo, cloro gel Vim e com muita disposição, os moradores realizaram a limpeza das áreas de risco e proliferação do mosquito.

Alberto Mello, de 32 anos, morador do Cantagalo, contou em entrevista ao Voz das Comunidades, um pouco da experiência de ter participado do evento:

“Tinha umas 200 pessoas e, após a ação foram distribuídos lanches, e outras atividades foram realizadas. No dia seguinte, (31), houve uma oficina de plantio e mini horta para as crianças “.

Voluntários recrutados na própria comunidade pelos líderes locais contribuíram com as ações. O mutirão foi realizado para conscientizar que ovos do mosquito podem sobreviver mesmo sem água parada, reforçando a importância de manter o sinal de alerta mesmo no período de baixa das chuvas para assim evitar uma epidemia de doenças quando o verão chegar.

Voluntários recrutados na própria comunidade pelos líderes locais contribuíram com as ações. foto: Marina Prado

Voluntários recrutados na própria comunidade pelos líderes locais contribuíram com as ações. foto: Marina Prado

Itamar Silva, de 60 anos e morador do Santa Marta, revelou que possui uma relação séria com a comunidade, e que ajudar na revitalização do Santa Marta, foi gratificante para ele:

“Participo do Coletivo Santa Marta e contribuo com ações há muitos anos na comunidade, nasci na região e tenho uma ligação forte com o local”.

As ações de VIM nas comunidades Santa Marta e Cantagalo seguem o Plano de Sustentabilidade da Unilever, que, entre outros compromissos, tem a missão de ajudar mais de 1 bilhão de pessoas a tomar iniciativas para melhorar sua saúde e bem-estar.

Comentários Facebook

comentários

Autor

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top