Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Eleições 2022: Pesquisa mostra que maioria dos eleitores de favela já decidiram seus candidatos

Pesquisa foi realizada no aplicativo do Voz das Comunidades e mais de 100 pessoas responderam às perguntas
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Na última quarta-feira (28), o Voz das Comunidades lançou uma pesquisa eleitoral em seu aplicativo. Com o objetivo de saber se as pessoas já decidiram ou ainda estão indecisas quanto ao voto, a pesquisa mostrou perguntas sobre os cargos de candidatos. Confira os resultados:

Primeiramente, o Voz das Comunidades perguntou ao eleitor se este mora em regiões de periferia.


O Voz das Comunidades também quis saber o gênero dos eleitores que responderam a pesquisa. A maioria, mulheres:


Questionamos sobre a decisão dos eleitores sobre todos os cargos da eleição de 2022. Primeiramente, perguntamos sobre o pleito de Deputado Estadual:


Na sequência, perguntamos sobre o cargo da Deputado Federal:


A terceira pergunta relacionada a cargos foi relacionada ao senador. A maioria das pessoas que responderam a pesquisa já decidiram pelo candidato ao senado.


A pesquisa mostrou que a maioria dos eleitores que responderam já estão com votos decididos para o cargo de governador:


Ao final, a pesquisa questionou os eleitores sobre o cargo de presidente. Conforme resultados, a maioria já determinou seu candidato ao cargo mais alto das eleições. Simultaneamente, a pesquisa mostrou que alguns eleitores optaram por não votar para presidente.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]