Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Ministro da Educação promete a construção de um Instituto Federal no CPX do Alemão

A proposta faz parte do Plano de Ação do CPX
Foto: Selma Souza/Voz das Comunidades
Foto: Selma Souza/Voz das Comunidades

O Ministro da Educação, Camilo Santana, reforçou o compromisso de implantar um Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ) no CPX do Alemão. A proposta partiu do Plano de Ação Popular do CPX.

Na reunião, estiveram presentes representantes do CPX, entre as pessoas, Alan Brum presidente do Instituto Raízes em Movimento que é responsável pela elaboração do plano de ação. Camila Moradia, líder do movimento por moradia no CPX e uma das conselheiras do Governo Lula (PT), e a Primeira Dama Janja Lula da Silva.

No plano de ação, existe uma série de sugestões para solução de problemas enfrentados no CPX. Na visita do presidente Lula no Alemão foi entregue uma cópia para ele. O Secretário das periferias, Guilherme Simões, também recebeu o documento. Uma das principais demandas existentes no Alemão é em relação a educação, e o IFRJ é um pedido feito há muito tempo pelas lideranças locais.

Tia Bete, Camila moradia, Janja Silva e Camilo Santana. Reprodução/Twitter @camilamoradia

Saindo do Papel

A pedagoga, Gabriela Bulhões, que mora no Morro da Baiana, diz “quero ter a esperança de que este projeto ajude muitos jovens da comunidade”. Entretanto levanta um assunto importante. “tiramos pela nossas universidades federais, né? A defasagem que tá também do ensino superior. E assim, se eles não estão cuidando daquilo que já tem, né? Que a gente está vendo muito o caso da UERJ, como é que eles vão construir uma e ter essa garantia do pagamento dos professores?”

Mesmo assim reforça. “mas que seja um projeto que não fique apenas no papel, mas que de fato aconteça. Os jovens precisam se profissionalizar para que consigam de maneira menos complicada de entrar no mercado de trabalho”.

Hora de agir

Alan Brum explica que já estão começando a planejar a implementação.

“Segunda-feira já tem a primeira reunião, então não é mais uma promessa, já estamos no campo da realização desse processo. O compromisso do ministro é realizar o mais breve possível.” comenta.

Camila Moradia comemora a conquista do instituto federal no Alemão e completa que “Não queremos ser vistos ou pautados apenas pela ótica da IN(segurança)… Somos , queremos e lutamos por mais. […] formar, capacitar e qualificar jovens e adultos, dentro da nossa favela, traz perspectiva de vida e construção de um futuro melhor.”

Confira o vídeo com a fala do ministro.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]