Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Karioca’s Bar: estabelecimento vende caldos no Vidigal, opção de refeição para o inverno

Jaqueline Santos é dona do empreendimento e responsável por preparar os caldos
Karioca’s Bar. Crédito: Igor Albuquerque / Voz das Comunidades
Os preços dos caldos variam de 7 a 12 reais, de acordo com tamanho Crédito: Igor Albuquerque / Voz das Comunidades

Quando a temperatura cai, a primeira coisa que o carioca pensa é em comer um caldo para aquecer e aliviar a friaca. Quem mora no Vidigal encontra pratos quentinhos no Karioca’s Bar, que, além de oferecer bebidas e petiscos, o estabelecimento também vende caldos.

Os pratos são diversificados e tem para todos os gostos. Sopa de ervilha, bobó de camarão, angu à baiana, mocotó, caldo de pinto, caldo verde e de abóbora fazem parte do cardápio. Já os preços variam de 7 a 12 reais, de acordo com o tamanho. Localizado na Rua Doutor Olinto Magalhães, número 73, o Karioca’s Bar funciona todos os dias, a partir das 11h.

A dona do Karioca’s Bar e responsável por preparar os caldos é Jaqueline Santos, de 49 anos. No carnaval de 2022 ela decidiu vender caldos e percebeu que a ideia fluiu. Desde então, a empreendedora investe neste ramo apostando nas receitas passadas por gerações. O segredo? Amor e alho! “Alho, bastante alho. Não faço nada demais, só amor pelo que faço”, diz.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]