Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Abraço pelo Mundo: Projeto social de boxe do CPX faz vaquinha online para levar jovens para intercâmbio

A meta é arrecadar R$40 mil reais para levar 4 jovens para Paris
Foto: Divulgação

O Abraço Campeão, projeto social de boxe do Complexo do Alemão, cresce cada dia mais e não poupa esforços na educação dos atletas e nos desafios que aparecem. Dessa vez, o projeto social quer dar mais um grande passo: Levar jovens para um intercâmbio esportivo em Paris, na França.

A ideia partiu depois que a francesa Sandra Costa, fundadora de um projeto chamdo Human Hearth, realizou uma visita ao Brasil e foi até o Abraço Campeão. Quando voltou à Paris, Sandra realizou uma campanha de arrecadação, o que garantiu as primeiras luvas de boxe do Abraço Campeão. “A gente tá sempre recebendo ela aqui no projeto e já ajudamos ela com arrecadação de recursos lá em Paris também”, detalha Alan Duarte, fundador do projeto do Complexo do Alemão.

Sobre a campanha, o Abraço Campeão busca arrecadar R$40 mil reais para levar 4 jovens para Paris. A viagem está marcada para 4 de novembro e os jovens ficarão lá até o dia 19. “A gente vem construindo conexões e parcerias e conseguimos fechar um intercâmbio através do clube de boxe no Club Omnisports des Ulis, que ainda vai fornecer a hospedagem aos jovens durante duas semanas”, detalha Alan. O fundador do projeto também relembra. “Quando eu tive a possibilidade de viajar com o boxe na adolescência, mudou muito minha forma de ver o mundo. E agora estamos preparados para fazer a mais jovens do Complexo do Alemão”.

O Abraço Campeão espera juntar dinheiro o suficiente para compra de passagens, Para isso, disponibilizou uma vaquinha online, acessível pelo link https://campaign-production.doare.org/campanha/762b3260-d954-4231-8826-1bd1670bb5cf/abraco-campeao-pelo-mundo-/associacao-esportiva-cultural-e-educacional-abraco-campeao

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]