Projeto Resgatando a Inocência lança “vakinha” para comprar o próprio espaço

Através da arrecadação, crianças e jovens continuarão tendo as suas vidas transformadas pela iniciativa
Resgatando a inocência
Foto: Reprodução

Através da educação, o projeto Resgatando a Inocência está gerando oportunidades para moradores do Morro do Adeus, no Complexo do Alemão. Atividades como reforço escolar, capoeira e muitas outras são oferecidas gratuitamente.

No entanto, está sendo difícil manter o projeto sem o espaço próprio e, com a chegada da pandemia, ficou ainda mais complicado pagar o aluguel que vem sofrendo reajustes. Pensando em como manter as aulas, a fundadora Naty Barbosa decidiu então lançar uma vakinha nos últimos dias .

É possível ajudar fazendo uma doação através do link: http://vaka.me/2644057.

Veja a reportagem na íntegra:

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]