Clube de futebol da Maré faz vaquinha para disputar campeonato na Itália

FB_IMG_1553888838969

Jovens da Maré podem realizar o sonho de jogar futebol em torneio na Europa

Com mais de 20 anos atuando na comunidade da Maré no Rio de Janeiro, a Associação Real Maré Futebol Clube é uma associação sem fins lucrativos e filiada pela FERJ, vem formando atletas e mais do que isso, cidadãos de bem. Promovendo, fomentando e incentivando a causa do futebol para crianças, jovens e adultos. É através do futebol que o clube ensina a importância do diálogo, do respeito, da disciplina e instiga esses meninos a sonharem.

Time da Favela da Maré busca recursos para participar de jogo na Itália. Foto: Reprodução da Internet

Em 2018 o clube recebeu o convite para disputar um torneio na Itália, A Copa Internacional AICAS que acontece em maio deste ano. Uma excelente oportunidade para os atletas que nunca foram para fora do país e que são submetidos a uma realidade sem muita perspectiva na comunidade que vivem. Conhecer outra cultura, ter acesso ao cenário do futebol europeu e viver essa experiência tem sido um sonho para cada menino do Real Maré.

“Aqui na comunidade a repercussão tem sido muito boa, todos apoiando os meninos.” Conta Alex, que faz parte da comunicação do Clube.

Real Maré cria vaquinha on line. Foto: Reprodução da Internet

Porém, para realizar esse sonho é  necessário um investimento alto, e foi ai que eles tiveram a ideia de fazer uma vaquinha on line com o objetivo de arrecadar recurso financeiro para ajudar na concretização desse sonho.

Clicando AQUI, você pode colaborar com qualquer valor e assim, ajudar esse time a chegar na Itália e mostrar o bom futebol do Brasil, do Rio, da Maré!

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]