FAETEC, CEDAE e RioSolidario promovem a empregabilidade de jovens com deficiência

DSC_1845

A parceria foi assinada nesta quarta-feira, dia 23, no Palácio Guanabara

Na semana em que se comemora o Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gustavo Tutuca, os presidentes da FAETEC, Wagner Victer, e da CEDAE, Jorge Briard, a diretora do RioSolidario, Liliana Pinelli, e a primeira-dama do Rio de Janeiro e presidente do RioSolidario, Maria Lucia Horta Jardim firmaram nesta quarta-feira, dia 23, no Palácio Guanabara a parceria que irá oferecer o primeiro emprego a estudantes da FAETEC com deficiência intelectual. Os jovens começarão a trabalhar a partir do dia 5 do próximo mês.

Os estudantes da Escola Favo de Mel da FAETEC foram selecionados para participar do programa Jovem Aprendiz da CEDAE. Eles irão atuar nas funções de auxiliar administrativo nas áreas de administração, contabilidade, financeira, informática, comercial e jurídica da empresa.

– A contratação de pessoas com deficiência intelectual não se trata somente de uma política inclusiva para os jovens, mas uma forma de que os próprios trabalhadores da CEDAE comecem a conviver e quebrar os eventuais preconceitos pela convivência com as diferenças – garante o presidente da FAETEC, Wagner Victer.

Atualmente, cerca de 70% dos 210 estudantes que cursam a Escola Favo de Mel são capacitados para o mercado de trabalho em diversos cursos como Auxiliar de Cozinha, Contínuo, Cumim e Serviços Gerais. Esses jovens trabalham em redes de fastfood, supermercados, lojas de departamentos e em empresas que prestam serviços para a Fundação.

– A parceria entre a empresa CEDAE e a Fundação FAETEC, ambas do Governo do Estado, serve de exemplo para que outras organizações públicas e privadas adotem essa postura de inclusão laboral de pessoas com deficiência. Por isso, a iniciativa é emblemática – destaca o presidente da CEDAE, Jorge Briard.

Futuramente eles também serão integrados a 30 mil postos de trabalho que serão abertos nos Jogos Olímpicos. As vagas destinadas aos Os jovens e adultos com deficiência intelectual da FAETEC são fruto de uma parceria entre o Governo do Estado e o Comitê Organizador do Rio 2016.

Por: Assessoria de Comunicação FAETEC

Foto: Felipe Corrêa

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]