Primeira e segunda parcela do auxílio podem sair juntas pra quem ainda não recebeu

Uma esperança para quem ainda não recebeu a primeira parcela.

Primeira e segunda parcela do auxílio podem sair juntas pra quem ainda não recebeu

O auxilio emergencial foi criado para o período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus. Porém muitos brasileiros ainda estão em análise, enquanto outros estão aguardando a segunda parcela.

De acordo com o governo, o pagamento da segunda parcela depende da liberação de recursos orçamentários e de um novo calendário por parte do Ministério da Cidadania, porém, a Caixa Econômica Federal informou que as pessoas que tiverem direito poderão receber a primeira e a segunda parcela juntas, já que o prazo para dar entrada no auxílio é até o dia 02 de julho.

É bom ficar atento pois, no caso do crédito em poupança digital, o dinheiro ficará na conta e deverá ser sacado em até 90 dias. Depois deste prazo, o dinheiro retornam para o governo. Pra quem recebe o Bolsa Família o processo acontece de forma automática, aqueles que forem aprovados receberão exatamente da mesma forma que recebem o Bolsa Família.

O Presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, disse que em breve será divulgado o cronograma e que haverá mudanças sobre o primeiro pagamento, que começou há quase um mês e ainda não foi finalizado. O governo havia informado que a segunda parcela do auxilio seria paga ainda em abril, o que não aconteceu.

Em uma tentativa de amenizar as filas e evitar aglomerações, os próximos saques terão datas mais espaçadas. A segunda parcela do auxílio será paga ainda em maio e a terceira, em junho.

Deixe comentário