Cais da Kelson’s está quebrado há três anos e lugar segue abandonado

Ainda candidato, Prefeito Marcelo Crivella prometeu apoio para obra, mas até agora nada foi feito

Com uma vista para a Baía de Guanabara digna de cartão postal, o local onde fica o cais de atracação da comunidade da Kelson’s, no Complexo da Maré, tinha tudo para ser um forte gerador de alimento e emprego, além de mais um point de turismo na cidade do Rio de Janeiro. No entanto, uma placa com o informe “Perigo: cais caindo” acaba com esse sonho e é um dos símbolos de uma história de descaso e abandono.

O cais quebrou em 2014, mas, felizmente, o acidente aconteceu de madrugada e não deixou feridos. Segundo a coordenadora da colônia de pescadores da Kelson’s, Maria Milca, o que aconteceu foi resultado de uma obra malfeita da Petrobras e da empresa Onda Verde, realizada em 2005. “Em vez deles fazerem a retirada do material e realizarem uma nova obra, construíram jogando tudo por cima e, por isso, caiu. Como eles jogaram muito peso, não se sustentou e desabou.”

Segundo Valmir Costa, pescador da colônia da Kelson’s há mais de 40 anos, a própria empresa Onda Verde, uma das responsáveis pela obra, fez a perícia que teria constatado a construção malfeita como o motivo do acidente que resultou na quebra da estrutura de cimento do cais. Ainda hoje, mesmo depois de três anos, ela continua destruída.

Pescador, Valmir Costa - Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades

Pescador, Valmir Costa – Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades

Com o cais quebrado, a comunidade deixa de receber a descarga de cerca de 10 toneladas de peixe por embarcação, segundo informações de Milca. A coordenadora conta que caminhões da região Sul iam até a comunidade para comprar peixe, gerando empregos, além de alimento para a própria comunidade. “Eles doavam peixes, o que gerava sustento para a comunidade, além de oportunidades de empregos.”

Além do cais, a colônia de pescadores da Kelson’s também administra um espaço para venda de gelo e um restaurante.

Dona Maria reclama que até hoje ninguém da prefeitura foi no cais - Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades

Dona Maria reclama que até hoje ninguém da prefeitura foi no cais – Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades

Apesar de ser de âmbito federal, o prefeito Marcelo Crivella, em agosto de 2016, ainda em campanha, prometeu que iria somar forças políticas para realizar a obra e entregar um novo cais para a comunidade. A campanha do atual prefeito chegou a produzir um folheto com a foto de dona Milca e um carimbo escrito “Compromisso Crivella”. Na sala da coordenação da colônia de pescadores, ainda restam centenas de folhetos, mas ao contrário do que o prefeito Marcelo Crivella disse a dona Maria Milca, até agora ninguém da prefeitura foi até o local.

Procurada pela equipe de reportagem, a assessoria de imprensa do prefeito Marcelo Crivella não emitiu nenhuma resposta até o fechamento desta edição. O mesmo contato foi feito com a empresa Onda Verde, mas também não houve retorno.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top