9ª edição do ‘Circulando’ terá desde roda de funk até sarau de poesias em novembro no Morro do Alemão

O evento “Circulando – Diálogo e Comunicação na Favela” chega a sua nona edição e está de volta com mais força para compartilhar coletivamente um dia inteiro de produções artísticas, culturais e de comunicação nas ruas do Morro do Alemão. Uma total diversidade de linguagens dialógicas conectadas no tema dos Direitos Humanos serão expostas nas paredes de casas, em letras e melodias das canções cantadas por convidados e artistas locais, no cordel, no graffiti, nas fotografias. Enfim, uma mistura poética que conversa diretamente com a realidade do lugar, que provoca integração na cidade a partir do agir social, cultural e mobilizador.

Tudo acontece simultaneamente em espaços cuidadosamente reservados para receber cada ação. O Complexo do Alemão receberá neste dia uma remessa forte de cores e brilhos especiais das mãos de verdadeiros militantes da arte e do fazer juntos. A poesia se misturará com o repente e as rimas improvisadas do Rap. Será mais um momento co-criativo pensado pelo Instituto Raízes em Movimento, desenvolvido em parceria com atores locais e voluntários, capaz de reunir saberes múltiplos em prol do desenvolvimento participativo.

Será também um momento oportuno para o encerramento do projeto Adubando Raízes Locais, que tem o patrocínio da Petrobras e preparou um importante cronograma de atividades para este dia. Além de um cardápio de oficinas e debates, será realizada uma feira de artigos artesanais com produtores (as) participantes do projeto. Não faltarão opções para lazer, entretenimento, conhecimento e troca de ideias.

A seguir, um pouco da programação deste Circulando:

  • CINECLUBE: uma sala estará reservada para sessões de filmes e conversas, é nela que um grupo de Sul-Africanos exibirá o filme “Dear Mandela” e provocará um debate sobre questões relacionadas a remoções em seu país;

  • DEBATES: na primeira parte do evento terá um espaço de debate, promovido pela ONG Verdejar – Socioambiental, a se tratar do tema “Parque da Serra da Misericórdia e Direitos Ambientais na Favela” uma luta de anos que a organização participa;

  • EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIAS: uma equipe de fotógrafos reunirá seu acervo para uma exposição fotográfica cheia de nuanças no poder do olhar crítico relativo ao sistema que viola direitos e aos grupos que lutam e promovem direitos na sociedade;
  • “GUERRA E PAZ”: a exposição de fotografias e telas grafitadas organizada pela Praça do Conhecimento de Nova Brasília faz uma releitura desta obra do imponente pintor brasileiro, Candido Portinari, traduzida a partir do ponto de vista do próprio local onde vivem, trabalham ou apenas conhecem;

  • INSTALAÇÕES: a estudante de Artes e moradora do Alemão, Carol Lucena, fará um estudo de composição artística em um espaço reservado para a exposição de fotografia, ou seja, toda ambientação será a partir de suas instalações;

  • MUTIRÃO DE GRAFFITI: ponto máximo do evento que traz grafiteiros de todos os lugares da cidade para transformarem o espaço cimentado em tela de arte com suas cores e traços livres, carregados de conotações criativas e conceitos diversos;

  • RAP: além da apresentação da considerada Batalha de MC’s, o rapper Ldolla vem com suas letras de protestos contra arbitrariedades nas favelas, sem falar no grupo Bonde2Crias que já está com seu repertório selecionado para tocar no evento. 

  • RODA DE FUNK E PASSINHO: o integrante da APAFunk, MC Calazans, conduzirá um sarau de funk junto com a turma da Associação complementada pela participação do grupo ArtDancy que mandam na arte do Passinho;

  • SARAU DE POESIAS: poetas e cordelistas emocionarão o público com sua graça poética emitida em linhas soltas num momento mágico, aberto ao mundo da estética linguística que ultrapassa qualquer barreira emocional que tem a oralidade;
  • SOM AMBULANTE: um grupo de amigos se reuniu e formaram o SerHurbano, um projeto que leva música pelas ruas do Rio de Janeiro em um carrinho de mão, agora eles vão circular pelo Alemão;

  • STANDS SOCIAIS: espaço reservado para exposição de trabalhos realizados por atores sociais que militam há tempos no Conjunto de Favelas do Alemão nos mais diversos eixos políticos socioculturais;

 

  • TROCA DE LIVROS: o Coletivo Ocupa Alemão receberá doações de livros a fim de enriquecerem ainda mais a biblioteca comunitária do Morro dos Mineiros que ajudaram a fundar;

  • VOZ E VIOLÃO: artistas locais, como Eddu Grau e convidados trarão a sutileza da sonoridade das cordas de seus violões acompanhadas pelos timbres agudos e graves de suas vozes;

Data: 09 de Novembro de 2013
Local: Avenida Central, 68 (concentração)
Complexo do Alemão
Horário: das 9h às 23h

Avenida Central, 68 – Complexo do Alemão
Contatos: 21 2260-3998 (Raízes em Movimento) ou 21 7609-4550 (David Amen)
contato@raizesemmovimento.org.br

Release por: David Amen

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top