Em ritmo de Natal, projeto social leva Papai Noel de helicóptero às crianças da Vila Kennedy

O evento, promovido pela coordenação da Vila Olímpica em parceria com o Instituto Angeluz, acontece dia 11 de dezembro, às 11h da manhã, na Vila Olímpica da comunidade
Foto: Divulgação / Instituto Angeluz
Foto: Divulgação / Instituto Angeluz

O espírito natalino começa a chegar nas favelas do Rio. No próximo dia 11 de dezembro, na Vila Olímpica Ary de Carvalho, na Vila Kennedy, Zona Oeste do Rio, o Papai Noel vai chegar de maneira inusitada na comunidade. O bom velhinho, como é conhecido, vai pousar de helicóptero. 

Esta ação social é promovida pela Vila Olímpica Ary de Carvalho e conta com a participação do Instituto Angeluz. Neste dia, terá distribuição de pipoca, cachorro quente, refrigerante, picolé, algodão doce e brindes para a criançada da comunidade e arredores.

“A importância de estar realizando essa ação é: poder proporcionar algo mágico para todas as crianças do nosso território. Além disso, diminuir um pouco o impacto causado por toda a devastação que a pandemia gerou em nossa favela. Essa ação tem uma importância ímpar, pois existem milhares de crianças que não tem oportunidade de ter um Natal adequado, ou até mesmo um momento de felicidade. Poder levar um pouco disso para elas é muito gratificante. Não tenho nem palavras para demonstrar o tamanho do orgulho que tenho em fazer parte dessa ação maravilhosa”, ressaltou Leandro Marquês, responsável pela criação do projeto.

Em meio a tanta violência e descaso com as crianças de comunidades do Rio, um momento como este, em que elas vão receber a visita do Papai Noel, possa ser uma mensagem de esperança em dias melhores para todos.

Coordenadora técnica da unidade, Mariana Monteiro falou sobre a importância da realização do evento e a participação de projetos da Vila. “É um evento da Vila, com apoio da secretaria de Esporte e lazer, ICA ,Prefeitura do Rio e da comunidade local, para trazer um dia de confraternização de natal para as nossas crianças. Será um evento aberto, onde receberemos todos com muita alegria. Teremos apresentações das nossas turmas de danças, muita brincadeira e diversão”, afirmou Mariana.

O evento está previsto para começar por volta das 11h, na Vila Olímpica. A Vila fica localizada na Rua Paulino do Sacramento, s/n, em Bangu.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]