No Mês do Defensor, Complexo do Alemão será palco de atuação coletiva

Defensoria-Publica-RJ

Defensoria Pública vai prestar atendimento à comunidade

A Caravana de Direitos da Defensoria Pública do Rio, que tem o objetivo de ouvir moradores de comunidades para traçar um diagnóstico dos problemas locais, estará no próximo dia 23 de maio,  a partir das 8h na Vila Olímpica do Complexo do Alemão, prestando atendimento, serviços sociais e esclarecendo dúvidas de moradores. O evento marca o lançamento da Campanha da Associação Nacional dos Defensores Públicos –ANADEP – que tem como tema as Defesas Coletivas.

Os Núcleos Especializados da Mulher, de Consumidor, Habitação, Criança e Adolescente, Sistema Penitenciário, entre outros estarão presentes para tratar de demandas da comunidade. As Associações dos Defensores Públicos Nacional e do Rio e a Defensoria Pública também promoverão uma Audiência Pública com o tema Construindo a Paz no Alemão, que irá reunir moradores, Defensores Públicos, ONGs e parlamentares para debater os caminhos que a própria comunidade deseja seguir para chegar à paz.

A intenção da campanha é conscientizar a população e as próprias entidades jurídicas de que a atuação da Defensoria Pública por meio da Defesa Coletiva é a melhor maneira de atuar a favor de grupos inteiros em situação de vulnerabilidade.

De acordo com a presidente da Associação dos Defensores Públicos do Rio de Janeiro  Maria Carmen de Sá, a intenção é solucionar problemas que devem ser resolvidos de forma coletiva.  “Nós queríamos atuar em um espaço em que houvesse a possibilidade de juntar pessoas para falar sobre direitos coletivos. O Complexo do Alemão é um caldeirão de problemas que necessariamente terão que ser resolvidos da forma coletiva. É impossível tentar resolvê-los individualmente. Por isso é uma comunidade emblemática para lançarmos a Campanha” – explica.

Muito além da guerra entre policiais e traficantes, as 13 comunidades que formam o Complexo sofrem com a carência de conhecimento sobre seus direitos como um todo.

“Violência doméstica, serviços públicos deficientes, conflitos de posse entre vizinhos, contas indevidas, familiares presos e sem acesso à informação são alguns dos problemas que cercam o cotidiano desses moradores. É preciso um conjunto de iniciativas para se levar acesso pleno dessas pessoas à Justiça. A polícia não poderá nunca preencher essa lacuna” – afirma o Defensor Geral do Estado, André Castro.

Flyer Alemão 08.05-page-001

Flyer Alemão 08.05-page-002

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]