Mecânico da Vila Kennedy busca reconstruir sua oficina após incêndio: saiba como ajudar

Há mais de 20 anos trabalhando na região, Maduma tenta se reerguer por meio de vakinha online
Incendio VK 1

Foto: Vander King/ Voz da Vila Kennedy

No dia 28 de janeiro um incêndio na Avenida Etiópia, uma das avenidas que cortam a comunidade da Vila Kennedy, Zona Oeste da cidade Rio, destruiu a oficina do morador da comunidade, o angolano Maduma Antônio, de 41 anos. Devido a isso, moradores então incentivaram o mecânico a criar uma vaquinha online para o ajudar na reconstrução do local, que há mais de 20 anos funciona na favela.

O incêndio, que chegou a ter chamas de mais de 10m de altura, causou enormes prejuízos ao Maduma. Com a ajuda de vizinhos, tiraram água de uma piscina para tentar conter o fogo. Mas, o máximo que conseguiram foi apagar as chamas da Kombi de um cliente.

Os bombeiros permaneceram combatendo o incêndio até as 04h da manhã, quando finalmente o fogo cessou. Foram necessários 5 carros pipas. Foto: Reprodução

Solidariedade

Com isso, todo o material dentro da oficina foi destruído pelo fogo. Ou seja, peças de reposição, maquinário, ferramentas, equipamentos e carros. O angolano não possuía seguro em sua oficina, o que agrava ainda mais a situação. Pois, ali era a única fonte de renda para ele e sua família. Em razão deste cenário, os moradores imediatamente decidiram se mobilizar, arrecadando mantimentos e fazendo contribuições financeiras.

“Vi meu trabalho de 20 anos ser destruído”, relatou Maduma.
Foto: Reprodução

A vaquinha feita para ajudar o mecânico visa arrecadar 90 mil reais. Com essa quantia, o intuito é reconstruir o seu local de trabalho e comprar de equipamentos que foram perdidos no incidente. “Quero muito voltar a trabalhar como antes em meu local de trabalho, infelizmente eu não tinha seguro para arcar com este acidente.  Literalmente terei que reconstruir tudo das cinzas novamente. Conto muito com o seu apoio nessa causa”, disse o angolano Maduma Antônio, na descrição da sua vaquinha.  

Portanto, é possível ajudar o morador da Vila Kennedy através do site Vakinha.com.br

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]