Governador decreta três dias de luto oficial e políticos lamentam a morte de Suruagy

(Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)

Da Redação
Voz das Comunidades Alagoas 

O atual Governador do Estado de Alagoas Renan Filho decretou luto oficial durante três dias devido à morte do ex-governador Divaldo Suruagy ocorrido no final da tarde do ultimo sábado (21). Através das redes sociais o governador lamentou o fato. ‘’Recebo com tristeza a notícia do falecimento do ex-governador de Alagoas Divaldo Suruagy. Meus sinceros sentimentos a seus familiares. Informo que decretarei luto oficial por três dias”, publicou em sua página.

O presidente do senado Renan Calheiros e senador por Alagoas também lamentou a morte de Suruagy. ‘’ Foi uma honra e um privilégio desfrutar do convívio de Divaldo Suruagy, de sua conversa calma, de seu bom-humor, de seu espírito solidário e de sua cultura geral. Alagoas se despede de um filho querido.”

O deputado federal por Alagoas pelo PMDB Mauricio Quintela também lamentou a morte do companheiro de partido. ‘’Homem Público íntegro, correto, educado. Sua trajetória marcou nossa história como a de poucos Alagoanos”, afirmou e sua rede.

Entidade como o Ministério Público Estadual (MPE), Assembléia Legislativa de Alagoas e a Polícia Militar alagoana emitiram nota através de suas assessorias de comunicação lamentando a morte do ex-governador Suruagy. A Polícia Militar informou que irá cancelar a apresentação do Programa Vem Ver a Banda Tocar que seria realizado na Orla de Ponta Verde, em decorrência da morte de Suruagy.

(Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)

MPE –AL

‘’O procurador-geral de Justiça, Sérgio Jucá, e toda a família Ministério Público Estadual lamentam profundamente a morte do ex-governador de Alagoas Divaldo Suruagy, ocorrida no final da tarde deste sábado (21). Ex-chefe do Poder Executivo de Alagoas por três vezes, ex-prefeito de Maceió, ex-deputado estadual e federal e ex-senador, Suruagy teve relevantes trabalhos prestados ao Estado e ao povo alagoano, dedicando quase 40 anos de sua existência à vida pública. À família e aos amigos, ficam o nosso mais sincero pesar e o desejo de força e fé neste momento de dor’’

ALE

”A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Alagoas lamenta o falecimento do ex-governador Divaldo Suruagy. Liderança política que marcou época na história recente do Estado, ao ocupar funçoes de relevância no Executivo e no Legislativo, Suruagy governou nossa terra por três vezes, sendo ainda presidente da Casa de Tavares Bastos, no biênio 1973/1974, da Sétima Legislatura. Em nome de todos os parlamentares, a Mesa manifesta este sentimento de pesar e presta solidariedade aos familiares do ex-governador.”

PM –AL

”O comando-geral da Polícia Militar de Alagoas lamenta profundamente o falecimento do ex-governador do Estado, Divaldo Suruagy, ocorrido no final da tarde deste sábado (21), em decorrência de problemas de saúde. O sepultamento será realizado com as devidas honrarias militares a quem dedicou toda sua vida à política em Alagoas e no Brasil.

Suruagy, que era natural de São Luiz do Quitunde/AL, esteve à frente do Estado por três vezes, em 1978, 1882 e 1994. Sua trajetória na política, onde assumiu diversos cargos, é marcada por grandes acontecimentos, entre eles, ter sido o governador mais votado em todo o País, em 1994.

Em decorrência do seu falecimento e do luto oficial de três dias decretado no Estado, a Polícia Militar informa que está cancelada a apresentação do Programa Vem Ver a Banda Tocar, que seria realizada amanhã, dia 22, na orla da Praia de Ponta Verde. Os esforços da corporação estarão direcionados para o seu velório, programado para ter início às 21 horas de hoje no Palácio Marechal Floriano Peixoto, e ao sepultamento que ocorrerá às 17 horas desse domingo, no Cemitério Parque das Flores.”

Além das principais entidades outros políticos como o atual Prefeito de Maceió Rui Palmeira do PSDB, o ex-governador Teotônio Vilela Filho também do PSDB, o Senador Benedito de Lira do PP, e o ex-presidente da OAB e candidato ao cargo em senador nas eleições de 2014 Omar Coelho também lamentaram através das redes sociais a morte do ex-governador Divaldo Suruagy.”

(Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]