TV Verde forma turma de audiovisual em Nova Brasília

Trinta e três alunos do projeto TV Verde, do Complexo do Alemão, se formaram nesta sexta-feira, dia 23 de maio, em uma cerimônia realizada no Cine Carioca Nova Brasília, na comunidade do mesmo nome. O evento contou com a presença do Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Portinho.

O projeto TV Verde teve cinco meses de duração e capacitou os jovens em técnicas audiovisuais com aulas sobre a história do cinema, fotografia, direção, produção, som, edição e finalização de vídeos, cidadania e questões ambientais. Durante o curso, os alunos receberam ajuda de custo mensal no valor de R$ 120,00.

O formando João Paulo com o Secretário Carlos Portinho

O formando João Paulo com o Secretário Carlos Portinho

Ao final do curso, os alunos produziram quatro vídeos temáticos que foram exibidos durante a solenidade de formatura: os curtas-metragens “Alegria de criança”, “D.R virtual” e “A planta”, e o documentário “Surf no Alemão”. Estas produções serão veiculadas no YouTube.

O Secretário Carlos Portinho se emocionou durante a exibição dos vídeos. Para ele, a secretaria marcou “um golaço” com o TV Verde, porque é um projeto que envolve a sociedade e abre horizontes, principal função do Estado segundo o secretário.

“Quem participa da montagem, direção e fotografia nesses filmes (da TV Verde) fica com a curiosidade de se envolver em outros projetos e de avançar em uma carreira. Espero que eles tenham um grande futuro pela frente e que o Governo do Estado seja responsável por isso.”

Objetivo do projeto

Curso é cria oportunidades para os jovens, disse Paulo Badallo

Curso é cria oportunidades para os jovens, disse Paulo Badallo

Paulo Badallo, coordenador do TV Verde, explica que o objetivo maior do projeto é abrir uma janela e um novo horizonte para os adolescentes.

“Muitos alunos nem sabem o que é audiovisual e aí eu explico que é possível trabalhar com isso no cinema e na TV. A partir daí, eles começam a perceber que têm que se dedicar, pois terão abertura para trabalhar com isso. É muito interessante.”

João Paulo Henrique da Silva, 22 anos, é um dos formandos e será o monitor da próxima turma do TV Verde que está começando na próxima terça-feira (27 de maio). Ele acredita que o curso vai ajudá-lo a conquistar uma vaga no mercado de trabalho como operador de câmera.

“A TV Verde foi a porta para que eu pudesse ter mais conhecimento na área de cinema, porque pude trabalhar como fotógrafo e câmera em dois curtas. Pretendo seguir essa carreira de operador, quero isso para a minha vida.”

Oportunidade no mercado

Areany Alexan de Oliveira conheceu o TV Verde por meio de uma amiga, que participou do projeto no ano passado. No curso, ela uniu os conhecimentos adquiridos com uma paixão antiga: o esporte. Dessa fusão, surgiu o documentário “Suf no Alemão”, que ela dirigiu.

Leonardo França recebeu a notícia de que vai ser contratado

Leonardo França recebeu a notícia de que vai ser contratado

“Nunca tinha aprendido nada sobre audiovisual, mas no curso eu fui aprendendo e foi fluindo. Acabei gostando e levando para o lado que eu amo. Adorei, foi uma experiência muito boa.”

Leonardo França da Silva, de 18 anos, participou da primeira turma do TV Verde, no ano passado e foi monitor de outro grupo. Durante a cerimônia, ele recebeu a notícia de que seria contratado no projeto como auxiliar administrativo.

“A TV Verde tem me ajudado bastante com a minha carreira profissional, porque por meio do projeto conheci o mundo do audiovisual. Estou fazendo faculdade de publicidade e propaganda e até na minha vida universitária o projeto me ajudou.”

Via: http://www.upprj.com/

Comentários Facebook

comentários

Autor

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top