573 moradores testaram positivo para covid-19 na ação do Dados do bem no Alemão

Parceria do Voz das Comunidades e Dados do Bem testam 2.376 moradores. O local de atendimento que mais recebeu usuários do aplicativo,
Foto: Alexandre Silva
Foto: Alexandre Silva

Uma parceria de sucesso entre o Voz das Comunidade, Cruz Vermelha e o aplicativo Dados do Bem levou até moradores do Complexo do Alemão testes gratuitos de covid-19 durante um mês. Nesta ação no Alemão, de 18 de agosto a 9 de outubro, foram feitos 2.376 testes rápidos, dos quais 1.799 apresentaram resultado negativo, 573 positivos e 4 inconclusivos.

Todos os testes foram realizados na Vila Olímpica Carlos Castilho, com profissionais da área e respeitando todas as medidas de segurança. Para moradores fazerem o teste foi necessário baixar o aplicativo, preencher um formulário, e logo seria agendado o exame com resultado no mesmo dia.

De todos os locais de atendimento, o Complexo do Alemão foi o que mais recebeu usuários do aplicativo. Em um mês de ação, foram atendidas 2.376 pessoas e mais de 75% receberam resultado negativo.

Vale ressaltar que o novo coronavírus ainda continua circulando e não há vacina disponível. Todos os dias o Voz das Comunidades traz os número atualizados dos casos de Covid-19 no Alemão e em outras 25 favelas do Rio de Janeiro.

Mesmo com a flexibilização por parte da prefeitura e do governo do estado, é de extrema importância que moradores continuem usando máscara, álcool em gel e seguindo os cuidados necessários.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]