Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Correndo atrás do sonho: Projeto social do Morro da Formiga une futebol e incentivo aos estudos

Com cinco anos de existência, a iniciativa Meninos que Sonham transforma a vida de crianças e jovens

Foto: Instagram Meninos que Sonham/Reprodução

Os sons de apitos e de adolescentes correndo no gramado do campo do Montanha Clube, localizado na Estrada Velha da Tijuca, indicam que os treinamentos do projeto social Meninos que Sonham, do Morro da Formiga, Zona Norte do Rio de Janeiro, iniciaram.

Na tutela do professor Guilherme Stoliar, de 32 anos, e do idealizador Alex Simões, de 29 anos, os moradores da comunidade não vão atrás apenas da bola, mas também dos seus desejos e metas. Com mais de 80 inscritos, a iniciativa social mescla o esporte com a vontade de crescer dentro e fora do campo há cinco anos, incentivando os jogadores nos estudos escolares e oferecendo possibilidades para todos.

“A nossa meta é educar através do futebol, dar oportunidades aos meninos, mostrar pra eles que é possível sonhar com um futuro melhor, seja como jogador de futebol ou em outra profissão. Incentivar essa ideia, para que haja oportunidade em todas as regiões”, explica Guilherme Stoliar.

Iniciativa acontece no Morro da Formiga, mas, por causa das obras no espaço, as aulas foram transferidas para o Clube da Montanha.
Foto: Meninos que Sonham/Divulgação

Por causa de uma obra no espaço onde os treinamentos eram realizados dentro da comunidade, as aulas do projeto Meninos que Sonham acontecem duas vezes por semana, nas segundas e quartas, às 8h, no Montanha Clube. Mas, em breve, as atividades retornam para o Morro da Formiga.

A iniciativa acontece apenas com os recursos próprios dos organizadores para manter as atividades para os jovens da comunidade. Em caso de doações de equipamentos e outras formas de incentivo, o projeto pede para entrar em contato através das redes sociais.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]