Mais de 200 pessoas testam positivo no polo de atendimento na Vila Olímpica do Alemão em um dia

O alto contágio do vírus tem sido uma preocupação para os moradores da região

Foto: Selma Souza / Voz das ComunidadesFoto: Selma Souza / Voz das Comunidades

Depois de um período com números relativamente baixos de casos confirmados de coronavírus no Complexo do Alemão, em comparação com os registros do início da pandemia do Covid-19 na comunidade, as recentes festas de celebrações revelaram suas marcas no polo de testagem da Vila Olímpica do Alemão, com 203 moradores infectados pelo vírus.

Com uma demanda alta no centro olímpico, onde 461 pessoas foram atendidas nesta última quarta-feira (05), o cenário na favela da Zona Norte segue a tendência nas localidades do país, que convive com a superlotação nas unidades de testagem neste começo de 2022. Em virtude desse quadro delicado, a Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro adiantou a decisão do cancelamento do tradicional Carnaval de Rua, pois teme um novo descontrole da doença na capital.

É importante ressaltar que a vacinação contra o coronavírus segue ativa e, segundo especialistas da área de saúde, tem sido o diferencial nessa nova onda de contaminação por Covid-19.

Abaixo, confira os números dos atendimentos no centro de testagem da Vila Olímpica do Alemão na última quarta-feira:

Atendimentos: 461

Tratamento Restaurador Atraumático (TRA): 455
Negativos: 252
Positivos: 203


Casos verdes (baixo): 306
Casos amarelos (moderado): 151
Pacientes encaminhado para UPA: 00

Enfermeiros – 266
Médicos – 295

Crianças – 28
Idosos – 38