Chevrolet reforma campo de futebol na comunidade da Chatuba, no Complexo da Penha

Créditos: Gustavo Domingues de Oliveira
Créditos: Gustavo Domingues de Oliveira

No último sábado, 30 de maio, a Chevrolet entregou para a comunidade da Chatuba, na Penha, Rio de Janeiro, um campo de futebol e playground totalmente reformados. Um espaço onde as crianças que vivem no local podem brincar e também praticar o esporte.

A revitalização do espaço foi feita em parceria com a ONG Street Child United, que atua globalmente em comunidades carentes utilizando como principal plataforma o esporte e a arte. O foco é oferecer novas possibilidades para as crianças e adolescentes que crescem em situação de risco. Para marcar a abertura oficial do espaço, o jogador Gilberto Silva, que já defendeu a seleção brasileira, visitou o local.

O Brasil é o sexto país a receber o projeto da Chevrolet, que já está também em Kolkata, na Índia; Bancoc, na Tailândia, Bandung, na Indonésia; Hammanskraal, na África do Sul e Chicago, nos Estados Unidos.

A Chevrolet tem o compromisso de levar o esporte onde ele é mais necessário através do projeto de revitalização de campos de futebol, da doação de bolas ultra-resistentes One World Futbols e do projeto Coaches Across Continent – CAC, que oferece nestes países treinamento esportivo e também orientação.

O objetivo da Chevrolet com estas ações é dar novas possibilidades para moradores de comunidades menos privilegiadas. Além disso, busca reconhecer e dar visibilidade para histórias de vida bem sucedidas por meio do esporte, e com isso inspirar e influenciar positivamente crianças e jovens.

Créditos: Gustavo Domingues de Oliveira

Informações de assessoria de imprensa.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]