Bloco de Carnaval Unidos do Alemão anuncia samba enredo

Foto: (Renato Moura/Voz das comunidades)
Foto: (Renato Moura/Voz das comunidades)

O lançamento do samba será realizado em um evento na Favela Nova Brasília

Um grupo com cerca de dez compositores é o responsável pelo enredo “Dona Maria não me deixa em paz” que vai embalar o carnaval 2019 dos moradores do Complexo do Alemão, na zona Norte do Rio.

O evento que será realizado no próximo sábado, dia 15 de setembro, a partir das 18h, está sendo organizado pela direção do bloco e, na ocasião, acontecerá o lançamento do samba enredo. Como o bloco não conta com uma sede, a festa será realizada em um local aberto na Favela Nova Brasília, próximo à Praça do Conhecimento. O Bloco Unidos do Alemão nasceu em julho de 2012, logo após o fim da escola de samba Paraíso da Alvorada. Os integrantes da bateria, incluindo Luis Cláudio Soares, de 48 anos, atual presidente do bloco, resolveram se juntar e montar o bloco que hoje tem cerca de 200 integrantes e funciona sem nenhum patrocínio.

“Os nossos instrumentos são guardados no banheiro da Quadra da Nova Brasília e, quando precisamos fazer alguma reunião, é por lá que nos encontramos”, conta Luis.

Segundo ele, a principal dificuldade enfrentada pelo bloco, é o fato de não terem nenhum patrocínio, contudo, levar alegria para os moradores os motiva e desistir não é uma opção.

O samba foi composto em apenas um mês e fala sobre o uso das redes sociais. O Unidos do Alemão se apresenta todos os anos pelas ruas do Complexo do Alemão, levando alegria e diversão para os moradores do conjunto de favelas.

O evento de lançamento do samba enredo do Unidos do Alemão é aberto e todos podem participar. O local fica próximo à  Praça do Conhecimento, na Nova Brasília.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]