Inscrições abertas para o serviço de atendimento psicológico da UNISUAM

Rita Walchan atendendo no SPA - Crédito Vinny Arruda

ATENDIMENTO A PREÇO POPULAR

O Serviço de Psicologia Aplicada (SPA) da UNISUAM abre inscrições para atendimento a preços populares em ação promovida durante o Setembro Amarelo, que visa conscientizar os brasileiros para a importância da prevenção do suicídio.

Psicoterapia, psicopedagogia, orientação vocacional, dentre outras compõem a atuação do SPA, que tem seu atendimento mensal dividido em quatro seções e o custo é de R$ 45 reais. A unidade também atende pacientes encaminhados pela Clínica Escola Amarina Motta (CLESAM) e pelo Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ), que são orientados e encaminhados para atendimento psicoterapêutico especializado.

Os atendimentos são realizados por estudantes do curso de Psicologia, com a supervisão de professores responsáveis pelo projeto. Criada há cinco anos e disponível na unidade de Bonsucesso (Avenida Paris 84), a clínica-escola oferece avaliação e acompanhamento psicológico para moradores de diversos bairros e comunidades da Zona Norte.

“Desde 2013, já atendemos mais de duas mil pessoas. É muito gratificante oferecer tratamento psicoterápico e psicológico a custo social. No SPA, crianças, adolescentes e adultos da Zona Norte encontram profissionais, estudantes e um atendimento de qualidade”, comenta Rita Walchan, coordenadora do SPA.

É necessário um documentos de identificação com foto e a apresentação do CTPS ou contracheque para efetuar a inscrição. Para atendimentos a menores de 18 anos, o responsável deve apresentar, além dos documentos citados, a Certidão de Nascimento ou o RG do menor. O encaminhamento do profissional de saúde é necessário nos casos de pacientes que já fazem tratamento com outros especialistas.

O horário de funcionamento é de segunda a sexta, das 10 às 19h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3882-9797 nos ramais 3808 e 3809.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]