Auxílio Emergencial: governo cria site para trabalhador entender o motivo da exclusão

A intenção é dar transparência ao procedimento de análise
Lançamento do aplicativo CAIXA|Auxílio Emergencial
Lançamento do aplicativo CAIXA|Auxílio Emergencial

Muitos brasileiros estão ainda sem receber o auxílio emergencial do governo de R$ 600 para fornecer proteção no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus. Infelizmente, para muitas pessoas a mensagem de ANÁLISE ainda aparece quando solicitado o acompanhamento do pedido, outras nem sabem o motivo pelo qual o auxílio foi negado.

Visando tentar melhorar essa comunicação, o governo federal lançou um site que mostra o detalhamento do pedido, como resultados, datas de recebimento e envio dos dados pela Caixa à Dataprev e vice-versa, além do motivo em caso de benefício negado. 

“O objetivo é dar transparência ao procedimento de análise, processamento, homologação e pagamento do benefício”, de acordo com a Dataprev. Com isso, além do site da Caixa, a consulta agora também poderá ser feita em www.cidadania.gov.br/consultaauxilio ou https://consultaauxilio.dataprev.gov.br/consulta/#/.

Para a consulta será necessário informar:

CPF

Nome completo

Nome da mãe

Data de nascimento

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]