Nestlé lança ação para dar visibilidade a projetos sociais liderados por jovens brasileiros

Todo jovem entre 16 e 29 anos que já esteja com alguma ação em andamento pode participar do “Geração Que Faz Bem”. As inscrições acontecem até o dia 21 de julho
Nestle publi

Foto: Divulgação / Nestlé

A Nestlé anunciou recentemente o lançamento da ação “Geração Que Faz Bem”. No ano de comemoração do centenário da empresa no Brasil, a Nestlé decidiu comemorar a data organizando e celebrando ações sociais lideradas por jovens brasileiros. Oito projetos comandados por esses jovens empreendedores sociais serão selecionados e receberão uma mentoria da Nestlé em parceria com a Kids Rights e a Yunus.

Para participar do processo de seleção é simples: basta inscrever o projeto no site Geração que Faz Bem. Todo jovem entre 16 e 29 anos que já esteja com alguma ação em andamento – com projetos relacionados a assuntos de sustentabilidade, nutrição, cultura, esporte e bem-estar – pode participar do “Geração Que Faz Bem”. As inscrições acontecem até o dia 21 de julho.

Com o objetivo de ajudar a estruturar as ações sociais lideradas por esses jovens a ganharem escala, os responsáveis pelas os projetos selecionados participarão de uma mentoria sobre gestão, empreendedorismo e liderança. Além disso, a partir de outubro de 2021, os oito escolhidos ganharão destaque e visibilidade em produtos Nestlé que chegarão às gondolas com os projetos estampados.

A Nestlé tem o compromisso de ajudar 10 milhões de jovens em todo o mundo a terem acesso a oportunidades econômicas até 2030. “Sabemos que o cenário da pandemia dificultou a vida de muitas pessoas, principalmente dos jovens no mercado de trabalho. A Nestlé está presente em 99% dos lares, por isso queremos dar visibilidade às ações lideradas por esses jovens, que são o nosso presente e futuro, queremos fazer com que as iniciativas cheguem ainda mais longe, utilizamos nosso espaço para dar lugar a eles”, comenta Frank Pflaumer, vice-presidente de marketing e comunicação da Nestlé.

Rene Silva foi selecionado pela Nestlé para ser o porta-voz dessa divulgação por meio do Instagram. Em lives realizadas nas redes sociais, Rene convida jovens empreendedores sociais para debaterem a importância do tema na sociedade. Ao total, três encontros liderados por ele reforçam a ação da Nestlé e convidam jovens a inscreverem projetos sociais no programa “Geração Que Faz Bem”. Rene já conversou com Rafaella de Bona, designer e criadora do absorvente sustentável para pessoas em situação de vulnerabilidade, Isabelle Christina, fundadora do projeto Meninas Negras e, no dia 15/07,hoje, às 18h30, Rene conversa com Ralf Toenjes, da ONG Renovatio, que trabalha pela democratização do acesso à visão e saúde visual no Brasil.

Se você é jovem ou conhece algum jovem empreendedor social, compartilhe essa notícia. As inscrições se encerram no dia 21 de julho.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]