Noite do Azul e Rosa, Slam Laje e Bloco Eclética: a leveza ameniza

Texto: Ygor Pinheiro

Para muitas pessoas, a realidade sócio-política do país se tornou bastante difícil nos últimos meses. Isso pode ser visto como uma questão de pontos de vista, porque para a maior parte da população brasileira (negros, mulheres, pobres…) viver, ou até sobreviver, sempre foi um ato de resistência. Existem várias maneiras de resistir e uma das mais comuns entre essa parcela do povo é a leveza e o bom-humor como instrumento de combate.

Se alegria de pobre realmente durasse pouco, todo o Brasil viveria uma verdadeira “seca” de entretenimento de qualidade, que vem da aparentemente infinita capacidade de sorrir dos membros desta classe frente às recorrentes tristezas que enfrentam.

É isso o que a Portela está fazendo com o evento Noite do Azul e Rosa. Se você acha que a polêmica criada pela ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos – Damares Alves – quanto às cores de roupas masculinas e femininas já é coisa do passado, a escola de samba não concorda. Nesta sexta-feira (18), a partir das 23h, a agremiação promove o grande encontro com a Estação Primeira de Mangueira e a Arame de Ricardo, no qual os homens vestindo rosa e as mulheres vestindo azul entram de graça até 00h30. O ensaio acontece na quadra da azul e branco (Rua Clara Nunes, 81, Madureira).

É comum ouvir dizer que a arte liberta, mas ela também conforta e alegra. A Slam Laje, primeira batalha de poesias que acontece no Complexo do Alemão, realiza, no sábado (19), a partir das 14h, seu primeiro evento de 2019, com direito à oficinas de poesia, passinho e audiovisual – além, é claro, da batalha de poesias. Algumas das atrações confirmadas incluem o grupo Poetas Vivos, do Rio Grande do Sul; o MC Reizin Chefe e a banda Tambores do Alemão. A entrada é gratuita e o evento acontece no EDUCAP (próximo ao Campo do Sargento, Canitá).

O esquenta para o carnaval deste ano já começou e um dos blocos que mais atraem multidões para o Centro do Rio de Janeiro é a festa Eclética, que agrada as minas, os manos e as monas pela variedade de estilos musicais que toca. Com o slogan “Alegria acima de tudo, glitter em cima de todos”, o Bloco Eclética: Escancara Carnaval acontece no domingo (20), a partir das 15h, e promete ser o escândalo do pré-carnaval. A entrada é gratuita e o evento acontece no HUB RJ (Avenida Professor Pereira Reis, 50, Santo Cristo).

 

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]