Potência Feminina: inscrições para programa que apoiará negócios liderados por mulheres vão até 19 de julho

ONGS e pequenos negócios serão beneficiados por projeto idealizado pelo Instituto RME e braço filantrópico do Google
8ForumRME2_015

O Instituto RME e o braço filantrópico do Google se uniram para lançar o Potência Feminina, programa nacional que apoiará negócios liderados por mulheres por meio de capacitação, aceleração de negócios e capital semente, que são investimentos que ajudam empreendedores em seu estágio inicial a tirar os planos do papel. As inscrições vão até o dia 19 de julho e a informações completas podem ser acessadas clicando aqui.

“O empreendedorismo vem atravessando uma das mais sérias crises econômicas das últimas décadas. Quando apontamos a lupa para o empreendedorismo feminino, os problemas se agravam, já que o acesso a crédito e a emprego é comprovadamente limitado”. Afirma Fontes que é a fundadora do RME.

O projeto deve ajudar a acelerar mais de 6 mil negócios de pequenas empresas lideradas por mulheres e irá impactar 50 mil mulheres em 10 regiões do país. As capacitações vão acontecer à distância e presencialmente por tutoras do Instituto RME. No Potência Feminina os selecionados, ainda, terão acesso a noções básicas de programação, conteúdo técnico com ferramentas digitais e de empreendedorismo, além de atividades práticas como o desenvolvimento de redação de currículo, por exemplo.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]