Wilson Witzel decreta flexibilização do isolamento no Rio de Janeiro; futebol, restaurantes e shoppings já podem voltar

63066 casos confirmados e 6473 mortes. Estes são os números do Covid-19 no estado do Rio de Janeiro. Ainda assim, o governador Wilson Witzel liberou a volta gradual de algumas

Wilson Witzel decreta flexibilização do isolamento no Rio de Janeiro; futebol, restaurantes e shoppings já podem voltar

63066 casos confirmados e 6473 mortes. Estes são os números do Covid-19 no estado do Rio de Janeiro. Ainda assim, o governador Wilson Witzel liberou a volta gradual de algumas atividades e serviços, dando início à flexibilização do isolamento. Contrariando o decreto do prefeito Crivella, que liberou a volta apenas de lojas de móveis e decoração, concessionárias de veículos e camelôs, o decreto do governo do estado permite a abertura parcial de bares, restaurantes e shoppings centers, assim como partidas de futebol sem público.

Através da própria rede social, Wilson Witzel disse que “com as medidas restritivas que estabelecemos em 16 de março, e que começam a diminuir a partir deste sábado por decreto, salvamos mais de 46.000 vidas. Vamos seguir no enfrentamento ao Covid-19. E deixaremos hospitais de alta complexidade como legado para os próximos 5 anos“.

Favelas do Rio registram 85 novos casos e 2 mortes de Covid-19 nesta sexta-feira (05)

Pontos turísticos e outros serviços

O principal foco da reabertura dos serviços estaduais é a questão econômica do estado. Dentro disso, pontos turísticos como Cristo Redentor e Pão de Açúcar já podem receber público, desde que respeite-se o limite de 50% da capacidade de lotação. Feiras livres de alimentos também podem acontecer, mas as barracas precisam ficar a 1 metro de distância e deve-se disponibilizar álcool 70%.

Confira todas as atividades e serviços permitidos:

  • Bares e restaurantes, com limite de 50% de sua capacidade;
  • equipamentos e pontos turísticos, como Cristo Redentor e Pão de Açúcar, também estão autorizados a abrir para o público, respeitando o limite de 50% de sua capacidade de lotação.
  • shoppings e centros comerciais, das 12h às 20h, com limitação de 50% da capacidade, garantindo álcool em gel 70% para os clientes. As praças de alimentação também podem reabrir, obedecendo ao limite de 50% da capacidade. Áreas de recreação, cinemas e afins seguem fechados (medida só seria permitida na fase 2 da prefeitura);
  • retorno gradual do transporte intermunicipal de passageiros
  • organizações religiosas podem funcionar, desde que seja observada a distância de 1 metro entre as pessoas;
  • parques, para a prática de esportes, desde que não haja aglomeração;
  • atividades esportivas individuais ao ar livre, inclusive em praias e lagoas, preferencialmente próximo à residência;
  • atividades esportivas de alto rendimento, como o futebol, sem público e com os devidos protocolos de higienização (medida só seria permitida na fase 3 da prefeitura);
  • atividades culturais de qualquer natureza no modelo drive-in;
  • feiras livres de produtos de gênero alimentício, com restrições como distância de barracas de 1 metro e disponibilização de álcool 70%.