Matéria de: Herval Peixoto

Foto: Renato Moura

Circuito Gastronômico de Favelas agita o domingo no Complexo do Andaraí

Circuito Gastronômico de Favelas agita o domingo no Complexo do Andaraí

Foto: Renato Moura/Voz das Comunidades Neste domingo (25), aconteceu a segunda semana do Circuito Gastronômico de Favelas no Rio de Janeiro, dessa vez no Andaraí, Zona Norte. O evento contou com a presença de cozinheiros da própria comunidade. Entre outras comidas que puderam ser consumidas, o baião de dois, o espetinho de churrasco e o

Comerciante do Andaraí diz que o Circuito Gastronômico é uma oportunidade de valorizar os cozinheiros da comunidade

Foto: Lipe Borges/ Circuito Gastronômico de Favelas Michel de Andrade tem quarenta e três anos de idade e há quarenta e um mora no Andaraí. Apesar dele atualmente trabalhar com fretes, mototáxi e entregas, a ideia é investir em alguma coisa na área da comida mais para frente. Michel já prepara churrascos nos eventos sem

Circuito Gastronômico de Favelas no Andaraí terá carne de sol com aipim a partir de R$10 reais

Foto: Lipe Borges/ Circuito Gastronômico de Favelas Maria Ivonete Santos é alagoana, tem quarenta e nove anos e há dezenove é moradora do Andaraí. Ela, que, no passado já foi manicure e depiladora se viu tendo que mudar de ramo profissional. Isso porque os produtos estavam lhe causando alergia. Embora sempre tenha gostado de cozinhar,

Comerciante do Andaraí convida a todos para experimentar seus bolos e doces no Circuito Gastronômico

Gastronomia é a arte da transformação – Os doces da Renata Renata Rodrigues é moradora do Andaraí há quarenta e cinco anos, ou seja, desde que nasceu. Ela sempre gostou de cozinhar e acredita que preparar alimentos é uma forma de entregar de carinho ao outro. Renata durante vinte e cinco anos foi assistente financeira

Foto: Lipe Borges/ Circuito Gastronômico de Favelas

Circuito Gastronômico de Favelas no Andaraí terá Cachorro-quente por R$5,00 reais

Foto: Lipe Borges/ Circuito Gastronômico de Favelas Karina dos Santos Moura tem trinta e dois anos de idade, desses, vinte e oito morando no Andaraí. Ela saiu do emprego em uma lavanderia e resolveu investir em alguma coisa. Começou a vender lanches – hambúrguer com batata frita e refrigerante. Também prepara caldos e sanduíches naturais.

Foto: Lipe Borges/ Circuito Gastronômico de Favelas

Comerciante do Andaraí vai vender caldos de ervilha e mocotó no Circuito Gastronômico

Foto: Lipe Borges/ Circuito Gastronômico de Favelas Francisco Luiz Damasceno, de cinquenta anos, é morador do Andaraí há dezoito e é proprietário do “Bar do Grau”. Já faz mais de trinta anos que ele trabalha na área. Francisco é de Fortaleza, em uma família com vinte e quatro irmãos. Com tanta gente vivendo sob o

Foto: Arquivo pessoal

Jessé Andarilho recebe homenagem da Ordem do Mérito Cultural

O MargiNow está voando! No último dia 14, quarta-feira, Jessé Andarilho, junto com outras doze personalidades e instituições cariocas, recebeu a Ordem do Mérito Cultural. Esta homenagem é a mais ilustre premiação do município do Rio. Apesar de nunca ter sonhado em ser uma referência, hoje já não restam dúvidas que Jessé é um exemplo

Foto: Renato Moura

Comerciante vai vender baião de dois no Circuito gastronômico no Alemão

Gastronomia é a arte da transformação – A loja do Fagner Fagner Mendes, de trinta anos, e apesar de ser nordestino, do Ceará, veio para o Rio com dois anos de idade e já mora há doze no Complexo do Alemão. Nunca pensou em trabalhar com cozinha. Até que entre 2011 e 2012 começou a

Foto: Renato Moura

Gastronomia é a arte da transformação – A pensão da Jane

Jane da Silva, quarenta e sete anos, desses, quarenta como moradora do Complexo do Alemão. Começou a vender refeições há três anos como uma necessidade, mas hoje admite que é gratificante. Ela conta que aprendeu a cozinhar com uma vizinha. Rabada, feijoada, língua – “que parecia uma carne assada de tão boa”. E parece que

Circuito gastronômico no Alemão terá costela com batata corada e carne assada com nhoque

Foto: Lipe Borges Gastronomia é a arte da transformação – O estabelecimento do César César Gomes, de quarenta anos, morador do Complexo do Alemão, é dono de um estabelecimento de comida há um ano e meio. Na parte do dia serve refeições e na parte da noite salgados. Antes disso já trabalhava com salgados, tinha

Top