#Covid19NasFavelas: como se proteger?

A pandemia do COVID-19 segue mudando a rotina das pessoas. Nesta terça-feira, o comércio do Rio de Janeiro começou a ser fechado por determinação da Prefeitura. A medida busca conter

#Covid19NasFavelas: como se proteger?

A pandemia do COVID-19 segue mudando a rotina das pessoas. Nesta terça-feira, o comércio do Rio de Janeiro começou a ser fechado por determinação da Prefeitura. A medida busca conter a propagação do vírus, que contamina as pessoas através do contato com gotículas de saliva ou material infectado – como embalagens, corrimão, maçanetas etc.

Todo esse cuidado deve ser levado para a nossa favela e nossa casa. A Cidade de Deus foi a primeira favela a registrar, oficialmente, um caso do novo coronavírus. Isso gera um alerta para todas as outras comunidades, já que muitas têm problemas sérios de abastecimento de água, muitas famílias não têm itens básicos de higiene, entre outras questões.

#Covid19NasFavelas: dicas de como melhorar o trabalho e estudo em casa

Medidas para a prevenção contra o COVID-19 nas favelas:

A transmissão do novo coronavírus acontece após o contato com alguém infectado, seja em alguma parte do corpo ou saliva. Por isso, as principais medidas preventivas são: evitar a circulação e contato com muitas pessoas – o chamado isolamento social – e higienizar bem as mãos e produtos que entram em casa.

  • lavar as mãos com água e sabão frequentemente, principalmente após tossir, espirrar, ir ao banheiro e mexer com animais;
  • higienizar as mãos e pulsos com álcool em gel;
  • limpar os produtos que comprar com pano e limpador multiuso (Veja, Ypê, UAU) ou álcool 70 (líquido);
  • deixe as janelas de casa abertas para que o ar circule;
  • evite sair de casa, a menos que seja essencial – mercado, farmácia etc;
  • não faça aglomerações nas praças, ruas, quadras ou outros ambientes da favela;
  • não tossir ou espirrar nas mãos.

Suspeita e tratamento

Arte: Raífe Sales

Os sintomas mais comuns de contaminação por coronavírus são: febre, tosse seca, cansaço, dores na cabeça e/ou garganta e falta de ar. Além disso, sintomas como espirros e diarreia são raros de acontecerem.

Entretanto, caso apresente os sintomas, não utilize medicamentos que tenham IBUPROFENO na composição. Essa substância pode piorar a situação. Sendo assim, em caso de suspeita do COVID-19, tome remédios com DIPIRONA ou PARACETAMOL.

Grupos de risco do COVID-19

Além de ser facilmente transmitido, o novo coronavírus é um grande risco para alguns grupos de pessoas. Idosos, asmáticos, pessoas com doenças do coração ou nos rins, fumantes e diabéticos estão no grupo de alto risco em caso de contração da doença, que pode levar à morte.

Deixe comentário